terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Apelo




Soldado americano eu vi seu rosto ontem,
Quase que saltando da tela da TV.
Pude enxergar além do seu olhar aflito,
As coisas bonitas que existem em você.


Vi o amor de filho e a saudade
Provocada por este afastamento.
Vi o irmão companheiro e a esperança
Que afaga tão terno pensamento.

                 
Vi o namorado meigo e carinhoso
A  embalar no abraço a mulher querida.
Vi o amigo brincalhão e calmo
A espalhar sorrisos esbanjando vida.



Vi o jovem estudante saindo da escola,
Sem ter receios, alegre a caminhar.
Vi  o pai de família, feliz, realizado,
De tardezinha, retornando ao lar.


Vi o cidadão de um país nobre e decente,
Trabalhador honesto, digno e capaz,
E pude ver além de tanta coisa ainda,
Todos os sonhos que a guerra desfaz.



No seu olhar, mudo pedido de clemência,
Aos que provocaram este cruel terror:
___ Parem  a guerra !!! Não matem inocentes !
Permitam-me viver a paz e o amor !!!





                              Março de 2003


 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Maria do Beco

                                                                                                 MARIA DO BECO       Conheci ...