terça-feira, 24 de março de 2015

Querido neto e afilhado.

                                                             
                                                                  IAGO

          Hoje você completa 18 anos. PARABÉNS !!! Parabéns mesmo !
          Louvo e agradeço a Deus pela sua vida, pois nos meus 62 anos de existência, vi muitos jovens partirem antes do tempo, perderem-se por aí  ou tornarem-se velhos na flor da mocidade.
          Ver você hoje, causa-me um grande orgulho e uma maior alegria.
           Hoje, você se torna responsável pelos seus atos. Um adulto ! E isso é muito, mas muito importante. Feche seus olhos de menino, preocupado com as brincadeiras e as futilidades e abra-os para uma nova realidade.
           O mundo meu querido, não é um campo de “paintball” e a vida não é um joguinho como os que você joga na internet.
           Eu acredito, que Deus que só quer o nosso bem, traça para cada um de nós um objetivo e já nos dá uma bagagem para irmos ao encontro deste objetivo; por esse motivo nascemos com talentos, ou seja, com vocações. Com essa bagagem que trazemos de berço, Ele (Deus) nos facilita e espera que alcancemos a meta para qual fomos destinados.
          Durante nossa vida, somos atraídos pela realização deste Plano Divino e impulsionados para seguir o caminho que nos levará a este termo. Acontece porém que, muitas vezes, independentes demais e desobedientes ao extremo, não ouvimos a voz da nossa própria consciência e resolvemos criar novas trilhas, achando que vamos conseguir chegar ao destino do mesmo jeito. Mas podemos nos perder, não é verdade ? E pior do que nos perdermos é desanimar da caminhada e perder o interesse de chegar ao final.
De repente não temos nem coragem de voltar  e enquanto isso, o tempo segue seu ritmo e a nossa oportunidade é desprezada.
          Outras vezes, resolvemos criar um atalho:”__ Não vai atrapalhar em nada...” – pensamos. Mas o atalho pode dar num lugar estranho, pode transformar a caminhada e ser tão difícil que seria melhor não ter entrado nele. Olha aí, o tempo se esvaindo, a idade chegando e as esperanças se enfraquecendo.
          Pode acontecer encontrar um encruzilhada ou um entroncamento. Sem ter muita certeza do que queremos, perdemos um tempo danado para decidir que caminho tomar. Inúmeras vezes, resolvemos pedir opiniões e elas nem sempre dão certo, e aí estamos também deixando o tempo precioso se esvair e este tempo é irrecuperável.
          Aparecem também no percurso os DESVIOS. Estes são perigosíssimos porque afasta-nos do objetivo. Achamos que procurar outra meta vai nos dar emoções novas, prazer, realizações. Saímos do caminho rumo ao desconhecido e normalmente quando percebemos o erro e queremos voltar, já não mais encontramos o caminho. E como é triste vagar perdido, sem ter direção !!!
          Guarde-se das TRILHAS, dos ATALHOS, das ENCRUZILHADAS e dos DESVIOS !
          Valorize sua vida o busque o que vai ser bom para você e a vantagem será só sua.
          Você sabe que cada ser humano tem a impressão digital diferente, não é ? Isto torna cada um de nós único. Você é só você, e se perder o que Deus te reserva de bom, não terá outra chance.
          Conscientize-se de que a partir de agora, você precisa se tornar um HOMEM e hoje é o primeiro dia dessa nova fase.
          Ser HOMEM meu filho, vai muito além do que ter PÊNIS. Pênis até os ratos tem.
          Ser HOMEM é ter dignidade, amor próprio, responsabilidade, palavra, retidão, caráter, lealdade, generosidade, inteligência, disposição, atitude e outras qualidades que seu próprio coração ditará.
          Desejo neste dia, que Deus te dê a oportunidade de ter todas as boas qualidades que farão de você um HOMEM FELIZ e capaz de espalhar felicidade. Que Deus também te dê asas para voar bem alto, mas também a capacidade de não esquecer o caminho que leva ao ninho.
                          Deus te abençoe.


 









                 








22/03/2015


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Maria do Beco

                                                                                                 MARIA DO BECO       Conheci ...