terça-feira, 16 de setembro de 2014

O presente









Somei amor e carinho                                
diminui a ilusão,
multipliquei a amizade
dividi no coração.





                    Coloquei numa caixinha    
                    e embrulhei sorridente.
                    É p'rá você professora
                    este modesto presente.




                                             Na conjunção destes versos
                                             há lições que ninguém vê,
                                             e o sujeito desta história
                                             professora, é você.





                        Que sendo um substantivo              
                        acho que se flexionou
                        conjugado em paciência
                        adjetivo virou.




Atendendo ao coletivo                              
de um modo bem singular
no passado ou no presente
você é o verbo amar.




10/10/2004














                                    


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo.

                                                      Na trilha do sol, nas asas do vento,                      envolto em luz, o olh...