sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Sorriso um milhão.









Menino da gente, presente da vida,
Seu céu, sua sombra  são tão envolventes
Disfarçam  o vazio das noites e dias.
Se vejo sua imagem que me é tão querida,
Se fito seu rosto, sempre sorridente,
Eu vejo, meu sonho, um mar de alegrias.

Menino bonito, que sonha acordado,
Seus sonhos me trazem um reino, criança,
Em contos nascidos do seu coração.
Se aperto em meu peito seu corpo, amado,
Se escuto seu riso, cheio de esperança,
Eu ouço celeste e amena canção.








Vivendo seus sonhos, meu mundo enlouquece,
São fábulas vivas de um mundo almejado,
E elevam à glória um mundo diferente.
Em cada sorriso, seu riso aparece,
Menino de sonhos, que sonha acordado
Meu lindo e pequeno, anjo inocente.







               

Seu mestre, seu palco, e a sua vitória
Te empurram na vida, te apressam na estrada,
Esperando você ansiosamente.
Seus livros te esperam. Contam cada história !
Já corre  sua era gostosa piada
Que abrirá seu sorriso de “um milhão de dentes”.









Eu tento entender sua imaginação,
Que me leva a planar no azul do infinito,
Ou me torna princesa num reino encantado.
Me deixo envolver pela louca emoção,
E vôo ao seu lado, menino bonito,
E escrevo com estrelas: Glauco – adorado !!!



                                                  
                                                            








     







                   



                        03/08/1971


                   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo.

                                                      Na trilha do sol, nas asas do vento,                      envolto em luz, o olh...